sábado, 26 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009/Perspectivas 2010

RETROSPECTIVA 2009


Lula descobriu em 2009: a camada pré-sal;  que Collor foi injustiçado; que José Sarney é uma pessoa incomum; que Renan Calheiros merece todas as homenagens e que ele é "o cara". (Que decepção, Obama!) Em 2003, Lula descobriu o Brasil. Pelo menos é isto que os petistas querem que o povo brasileiro acredite, que Lula descobriu o Brasil! Não existia nada no Brasil antes de Lula! Nem antes de Cabral(?!), o Sérgio, lá no Rio de Janeiro. Na realidade, em 2003 quando chegou ao poder Lula descobriu os programas do PSDB, trocou de nome e disse que eram dele. Que farsa!

O PT quando estava oposição criticava acidamente as privatizações. Quando chegou ao poder, não estatizou nenhuma empresa privatizada, a exemplo da EMBRAER e da VALE, que empregam milhares de trabalhadores e são grandes responsáveis pelos níveis de emprego e de exportações do Brasil. Melhor nem falar nos telefones celulares! Hoje, graças a privatização da era FHC, milhões de brasileiros tem acesso a telefonia. Antes, para possuir uma linha telefônica esperava-se anos e custava uma fortuna. Existia telefone antes de Lula?

Dilma é a candidata do PT a presidência, apesar do PT. Lula obrigou seus companheiros de partido a aceitar como candidata alguém que nunca disputou uma eleição, foi criada politicamente no PDT de Brizola, é tida por seus subalternos como alguém de difícil temperamento (para humilhar, então, é mestra!), mentiu ao dizer que tinha títulos de doutora e mestre, chamou a então chefe da Receita Federal para dar uma ajudazinha ao aliado José Sarney e depois disse que não aconteceu. Para terminar o ano com pompa, ela que foi escolhida por Lula para ser a Chefe da Delegação de 800 pessoas à Dinamarca na COP 15, sobre o clima, demonstrou bastante familiariedade com o tema ao dizer que o meio ambiente é uma ameaça ao desenvolvimento dos países. Finalmente, Dilma falou algo que ela pensa de verdade!

PERSPECTIVAS 2010

O presidente Lula já decidiu. Nas eleições de 2010 já mandou avisar a quem interessar possa, ou seja, aos eleitores dele (também conhecidos como gado do curral eleitoral petista): determinou que seus eleitores no Maranhão votem em Roseana Sarney (ex-PFL?, agora PMDB) para governadora. E nem se atrevam a perguntar o porquê, ouviram bem? O pai dela - o incomum José Sarney - com ajuda de Renan Calheiros e outros aliados do presidente, deixaram o Congresso Nacional tão subserviente que nenhuma CPI é instalada e quando conseguem instalar alguma,  não funciona (CPI do MST, Petrobrás, etc) Precisa dizer mais alguma coisa? Não perguntar dos métodos, nem de mensalão, por favor! Estão pensando o que, que isso é uma democracia?



O PT Nacional também "decidiu", com o apoio/ordem de Lula. Para governador de Alagoas o candidato do Planalto será ninguém menos que o ex-presidente e  aliado do apedeuta, o senador Fernando "Lurian é sua filha" Collor de Melo(PTB). A candidata-ministra vai ter um palanque e tanto lá nas Alagoas: Collor governador e (advinhem?)  Renan "boiadeiro" Calheiros senador. Como se não bastasse, Lula ainda quer no palanque de Dilma/Collor nove partidos aliados:  PTB, PMDB, PR, PT, PMN, PRB, PSC, PP e, olhem só, o PCdoB! Os comunistas do Brasil com Collor! Nunca antes nesse país um partido foi tão dependente/subserviente de outro. Em 2010, veremos os cara-lavada! Os caras-de-pau!

Dilma é a ministra-chefe da Casa Civil. O Palácio do Planalto anunciou a licitação para contratar cabeleireiros e manicures que deverão trabalhar (onde mesmo?) na Casa Civil! Bingo! A idéia é a contratação de 2 manicures e 2 cabeleireiros para servirem à Casa Civil a partir  de janeiro, que por mera coincidência também é ano eleitoral e que por acaso é justamente a pasta da candidata do presidente. A lista de serviços, que inclui maquiagem e depilação, custará aos cofres públicos (ou seja, aos nossos bolsos) a bagatela de R$ 9.000,00 por mês. Pensando bem, contabilizando o valor total do contrato - R$ 108.000,00 - penso que uma visitinha ao Pitanguy teria um efeito melhor e mais duradouro. Será?
Comentários. Críticas. Sugestões
Votos de paz, saúde, sucesso e esperança para todos em 2010. Para os eleitores de 2010, votos de bom senso, senso crítico e compromisso com a democracia brasileira. Até 2010!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Elementar, meu caro...

CONVENTO SEXY Pode parecer piada, mas não é. O presidente Lula disse certa vez que o seu aliado José Sarney era uma pessoa incomum, ele deve ter razão. Só que a Fundação José Sarney, que fica em um convento no Maranhão parece que também é. Como passa por um período de crise financeira, desde que o seu criador foi apanhado em mais um escândalo, à revelia do imortal (quem acredita?) o Convento das Mercês foi alugado para uma festa nada convencional para o local, a começar pelo nome: uma festa sexy. Pois é, o convento inaugurado pelo Padre Antônio Vieria foi palco da apresentação da banda Female Angels, cujo estilo musical atende pelo nome de sexy house. Um aviso importante: foram distribuídas camisinhas de graça. Se uma festa desta natureza acontece em um convento, o que será que não ocorre na sede do governo do Maranhão? Elementar, meu caro...

DEMOCRACIA NO LIXO O Congresso Brasileiro aprovou, não sei como, a entrada da Venezuela do Mercosul utilizando os argumentos mais fajutos. Infelizmente, para integrar o bloco econômico o país deve respeitar a clásula que permite a entrada de países democráticos. o que definitivamente o país de Hugo Chávez não preenche mais esse requisito: perseguição à juízes, empresários e políticos da oposição; desrespeito à propriedade privada; submissão do judiciário e do legislativo. Falta apenas o Congresso do Paraguai referendar ou não a entrada do país líder do natimorto socialismo do século XXI. Como isso aconteceu, elementar meu caro...

LULA LÁ, CÁ E ACOLÁ O filme de Lula estréia no dia 1º de janeiro de 2010 em mais de 400 salas no país, ao custo de 16 milhões de reais. Nunca antes na história do país um filme custou tamanha fortuna. Não bastasse isso, já em maio será lançado o DVD em uma lançamento sem comparação, mais de 1 milhão de cópias. Melhor de tudo, cada cópia custará entre R$ 10,00 ou R$12,00. Como conseguirão vender por um preço tão popular? Qual será a mágica? Ensina o caminho das pedras! Elementar, meu caro...

QUEM SE IMPORTA? Os mais velhos já dizem: "Diga-me com quem andas e eu te direi quem és". O líder supremo superior mundial do Brasil, conhecido por Lula, depois de trocar tantas figurinhas com Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa, o bigodudo Zelaya de Honduras e o louco atômico do Irã parece seguir o mesmo rumo(não seria muro?) deles. Em um pronuncimento em que novamente se colocou acima dos mortais, do bem e do mal, principalmente das instituições e da Constituição, simplesmente declarou que "não se importa com o que pensa o STF" sobre o assassino comunista italiano Cezzare Batisti. Para cumprir a lei, o companheiro deve ser mandado de volta à Itália para cumprir pena pelos 4 crimes que cometeu. O governo diz que precisa proteger o companheiro da Itália, uma democracia. Por que não se preocuparam quando caçaram e devolveram os boxeadores cubanos à ditadura dos Castro? Elementar, meu caro... 

NÃO ENCHE! Desonestidade intelectual. Não há outra expressão para definir o modo petista de ser. Todos presenciamos as enchentes que alagaram São Paulo, o estado de São Paulo não apenas a cidade. Mas não é bom todo mundo ficar sabendo disso, imagina! As cidades de Osasco e Guarulhos, governadas pelo PT também sofreram com as enchentes. Mas que fique bem claro que as enchentes na cidade de São Paulo são resultado da incompetência do PSDB/DEM. Já em Guarulhos e Osasco é apenas a força incontrolável da natureza. Quase esqueci que eles disseram, e os técnicos desmentiram, que o apagão foi causado por um raio. Elementar, meu caro...

MERDADANTE O senador petista Aloísio "Irrevogável" Mercadante foi entrevistado por uma rádio do Recife (PE) e com toda a sua sapiência explicou porque o pau-mandado do Ciro Gomes (PSB) pode ser candidato ao governo de São Paulo. Ele disse que Ciro nasceu em Pindaminhagaba(SP), mas "pegou o pau-de-arara na direção errada. Muita gente vem pra cá, e ele foi para lá". Ou seja, trocando em miúdos, um paulista ir para o Nordeste é uma aberração! Lá (cá) só tem aqueles babacas, a maioria do bolsa-família, do curral do Lula que serve para dar os votos que ele precisa para se eleger. Não vê a Dilma? Está bem colocada lá! A declaração não demonstra um arraigado preconceito antinordestino por parte do senador. Pense se isto fosse dito por um senador do PSDB ou Democratas? Garanto que até o impeachment iriam pedir. Elementar, meu caro...

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Sem meias palavras...

ELE FAZ DIREITO O Fernandinho Beira-Mar fez a prova do ENEM e mandou avisar que vai estudar direito para se livrar da prisão...

CLAQUE ESCANDINAVA Na reunião sobre o clima que acontece em Copenhague, o Brasil é o país que levou a maior delegação, quase 800 pessoas. Dizem as más línguas que 90% dos que estão lá fazem parte da claque montada pelo governo federal para aplaudir a chefe da delegação. Advinha quem é? Ela mesma, a candidata Dilma. O governo federal considerou de extrema importância formar esta grande comitiva para aplaudir a ministra. É que ela é iniciante na questão ambiental e foi a responsável pela saída da reconhecida senadora Marina Silva do Ministério do Meio Ambiente.  

Abaixo, um vídeo que explica a nota acima. Palavras da candidata Dilma: "O meio ambiente é, sem dúvida nenhuma, uma ameaça ao desenvolvimento sustentável e isso significa que é uma ameaça pro futuro do nosso planeta e dos nossos países".


CENSURADO O Supremo Tribunal Federal retrocedeu à época da ditadura. Imagine que em pleno vigor do regime democrático o STF confirmou decisão que impediu o jornal O Estado de São Paulo de publicar as gravações das denúncias contra o filho do incomum José Sarney.

REESCREVENDO A HISTÓRIA Quem viu o programa eleitoral, digo partidário, do PT e a apresentação da candidata Dilma? Voltando um pouco no tempo, Stálin quis reescrever a história da Rússia ao modificar uma foto histórica e apagar dela a foto do ex-aliado León Trotski. É claro que depois o Trótski foi "apagado" por agentes de Moscou no México. Tal qual, o PT quer reescrever a história do Brasil e dizer que a estabilidade econômica foi conquista do partido. O PT não foi contra o Plano Real?

MIOPIA SELETIVA El filosofo de mierda, Lula, disse que cada um ver o que quer. Pelo menos foi o que ele disse com relação àquelas imagens do ArrudaGate. Para Lula e o PT, "mensaleiro é mensaleiro, e o meu (do PT) eu festejo primeiro".

SÓ SEI QUE NADA SEI Celso Amorim, candidato a deputado federal pelo PT e ministro das Relações Exteriores nas horas vagas, realmente não sabe nada do que acontece no exterior. Não sabia que o bigodudo golpista Zelaya ia se hospedar na embaixada do país em Honduras, assim como não sabia que ele continua hospedado no resort Brasil. Desistiu de ir para o caribe mexicano.

TODO PODEROSO Batendo recordes de popularidade, Lula acha que pode interferir em todos os partidos da base aliada. No PSB, mandou o deputado federal Ciro Gomes trocar Ceará por São Paulo. O PCdoB sempre foi um partido satélite do PT e essa situação não muda. Agora, disse que o PMDB governista deveria apresentar uma lista tríplice de prováveis candidatos a vice na chapa em 2010 para Dilma escolher, ou melhor, ele escolher já que a sua candidata não tem opinião e vontade própria.

PRETÉRITO IMPERFEITO Outro míope, o Frei Beto, que por sinal foi excluído do filme de Lula, disse em um evento em Cuba que está feliz por testemunhar a primavera democrática da América Latina, cujos povos estão escrevendo uma nova gramática do poder. Além de míope, penso que ele é mesmo um esquizofrênico. Falar de primavera democrática em Cuba? Este país caribeño mantém-se em um inverno rigoroso de democracia, preso em Gulag soviético. Falando em gramática, o professor Paspalho da região deve ser o Lula...

FALA NELSON RODRIGUES "Toda unanimidade é burra. Quem pensa com a unanimidade não precisa pensar; A opinião unânime está a um milímetro do erro, do equívoco, da iniquidade".

Comentários. Críticas. Sugestões.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Cada um com sua lógica...

Sobre o mensalão

Caso 1: O ainda governador do DF Arruda pediu desfiliação do Democratas antes de ser expulso do partido, o que aconteceria na sexta-feira. O careca do panetone até entrou com ação no TSE para impedir a reunião do partido, mas perdeu. Ele preferiu a desfiliação voluntária à expulsão sumária. Ponto para o DEM, que este ano já expulsou o deputado do Castelo, Edmar Moreira.
Caso 2: É claro que o PT já se manifestou sobre o escândalo no DF. Lula já falou indiretamente e ministra-candidata Dilma fez questão de se dizer estarrecida com a corrupção. Por outro lado, não se fez de rogada e participou ativamente da festa de 30 anos do partido cujo foco principal era a homenagem aos ex-presidentes, entre eles o José Dirceu e o José Genoíno. Deveriam ter feito uma menção honrosa ao Arruda, não acham?

Sobre saúde

Caso 1: Casos de dengue na Bahia são recordes este ano. A meningite já fez mais de 150 vítimas fatais e outras centenas foram infectadas. Só depois da morte de um produtor de TV em Salvador, o governo resolveu acordar do berço esplêndido. Finalmente anunciou que vai vacinar crianças de até 5 anos e que a vacinação ocorrerá só em 2010, até porque todo o processo de licitação terá que ser obedecido. Apenas crianças de 5 anos? É melhor separar 100 reais no banco, comprar sua vacina e se proteger. Por que entrar em pânico?
Caso 2: O governo da Bahia contratou sem licitação 400 empresas médicas, por 160 milhões de reais, o que foi considerado ilegal pelo Ministério Público. Ontem venceu o prazo para extinguir todos os aqueles contratos e para a surpresa também ontem foi publicado no Diário Oficial licitação para contratar empresa para gerenciar aquelas empresas cujos contratos deveriam ser extintos ontem.

Sobre governar

Caso 1: O presidente dos EUA, Barack Obama, recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelos seus esforços, ou melhor, pelas suas promessas. A eleição dele foi histórica e de grande repercussão em todo mundo. Só que não foi feliz na comparação que fez entre a II Guerra Mundial e a Guerra ao Terror, travada no Iraque e Afeganistão. Para ser mais realista, o atoleiro atual dos yanques está mais é para Vietnã. Guerra justa, presidente Obama? Isso explica o índice de aprovação do governo abaixo dos 50%...
Caso 2: O presidente Lula em visita ao Maranhão e a filha do incomum, Roseana Sarney, descambou para a escatologia política ao dizer que ia tirar o povo da merda. Depois se antecipou às críticas que já vem recebendo (não sou ninguém, mas me incluo entre os críticos) para dizer que a imprensa fala palavrão todos os dias. O presidente acha que sua alta popularidade é um salvo-conduto para suas asneiras: apoio incondicional ao golpista Zelaya em Honduras, boas-vindas e apoio ao ditador do Irã e agora esquecer da liturgia do cargo que ocupa, fustigar a imprensa e ensinar aos seus súditos e bajuladores como (não) se comporta uma autoridade. O mais preocupante foi ver o delírio e os aplausos de aprovação do público diante deste espetáculo do que mesmo, presidente?

Comentários. Críticas. Sugestões

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Expresso 171: Caronas, grifes, panetones, pintos...

O neto do Brasil Lulinha, filho de Lula, aquele que ganhou 1 milhão de reais da Telemar, e 15 acompanhantes viajaram de São Paulo a Brasília em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). O avião estava pousando em São Paulo quando o avião foi solicitado pelo presidente do Banco Central e teve que retornar a Brasília. E o coitado do ministro só soube da companhia na hora do embarque. Se assumiu a paternidade vão querer que paguem a conta!

Grife, by PT Depois da eleição da nova direção do PT nacional, o seu novo presidente declarou que o mensalão "foi uma grife, uma expressão de marketing que foi inventada". Como é o título daquele filme mesmo? O Diabo veste Prada...

A volta dos que não foram A eleição no PT é como aquela música de Cazuza: "Eu vejo o futuro repetir o passado, eu vejo um museu de grandes novidades". Estão de volta (e saíram?) formalmente a direção do PT as figuras apanhadas no desfile do mensalão: José Genoíno, João Paulo Cunha, José Mentor e o irmão do primeiro cujo assessor foi preso pela PF com dólares na cueca, José Nobre Guimarães. Nem precisa dizer que o operador, José Dirceu, será o coordenador da campanha de Dilma Roussef e já é o principal articulador político.

Expresso 171 A operação Expresso, da Polícia Civil na Bahia, que prendeu políticos ligados ao PMDB baiano está recheada de conotação política, embora o governo estadual jure de pé junto que nada tem a ver. Engraçado é que ninguém faz questão de lembrar que os atuais aliados do governo, os Carletto, também estão envolvidos e que ganharam ônibus de dinheiro com as transações na AGERBA para definição das linhas intermunicipais. Nada tem a ver a operação ter sido deflagrada após a saída do PMDB, imagina! Se o partido ainda estivesse aliado ao PT, será que esta operação existiria? Tomara que este expresso se interesse em investigar também as denúncias no BAHIAPESCA e que mergulhe fundo! Será que o governador sabia dessa também?

Pintinho Amarelinho? Quando acabam os argumentos, a saída é atacar a imprensa. Assim faz o governo Lula que faz escola. Quando o ministro da Cultura, Juca Ferreira, se viu acuado com acusações que sua pasta produziu e distribuiu folhetos que estimulariam o voto em parlamentares ligado ao setor, esta foi a resposta dele: "Meu pinto, meu estômago, meu coração e meu cérebro são uma linha só. Não são fragmentados. Fui desrespeitado pela imprensa que reverberou sem investigar e por dois ou três deputados". Pode parecer piada daquele personagem, o Juquinha, mas não é. É a declaração de um ministro da "Cultura".

Quem vai para a c(ad)eia? O governador do DF, José Roberto Arruda (pé-de-pato, mangalô 3x), foi fimado com a boca na botija recebendo dinheiro e a partir daí veio à tona um esquema de pagamento de propina a parlamentares em troca de apoio que já tem diversos apelidos: Panetone Gate, DEMsalão, ArrudaGate. Não fosse todo esse absurdo o carequinha violador do painel do Senado do baixo de seu cinismo disse que o dinheiro era para comprar panetones. Esse pessoal pode não ter caráter mas não podemos negar que lá no fundo tem espírito natalino!

Sabor azedo O STF acatou a denúncia contra o senador do PSDB Eduardo Azeredo e ele será investigado por causa do escândalo chamado mensalão mineiro. Foi lá que o Marcos "Armani" Valério criou a grife do mensalão, que o PT depois aperfeiçoou. Os tucanos devem com o sabor amargo na boca...

De quem é, Lombardi? Incrível como os chamados "movimentos sociais" - CUT, UNE, etc - saíram do coma institucional para protestar e pedir o impeachment do governador do DF. Nada mais justo, mas saíram porque o político em questão é do Democratas, o mesmo aconteceria se fosse do PSDB. Com os escândalos do PT ninguém saiu dos seus gabinetes. Não bastasse isso, o que foi aquela invasão às dependências da Câmara Legislativa? Esses "movimentos sociais" que tanto prezam pelo dinheiro público deveriam ter o mesmo zelo com o patrimônio público. Se o saudoso Lombardi fosse vivo, o Sílvio Santos perguntaria: "De quem é, Lombardi (os prédios públicos e tudo dentro deles)? Ele responderia, com certeza: "É tudo nosso, é do povo, Sílvio!".
Comentários. Críticas. Sugestões

domingo, 22 de novembro de 2009

2x3 = 2+2 (CPIs, pesquisas e interesses)


Queremos CPI! E a viga que caiu na obra do Rodoanel em São Paulo? Sem vítimas fatais, o PT paulista já se animou todo e pensa em CPI para apurar os fatos. Nada mais justo, desde que o partido esteja na oposição! Afinal, a queda de UMA viga em uma avenida sem vítimas fatais é um NANO-problema, já que para o ministro da Justiça o apagão é MICRO-problema, mesmo deixando 18 estados e 60 milhões de pessoas sem energia durante horas! Não querem nem que a ex-ministra de Minas e Energia e mãe do marco regulatório energético vá ao Congresso explicar o que aconteceu. Assim não vale!


Caiu na Rede! Até hoje o TCE não se pronunciou sobre as denúncias de irregularidades na empresa BAHIAPESCA. As denúncias foram feitas pelo líder do PT na Assembléia Legislativa da Bahia. Até agora o Tribunal de Contas não se manifestou porque disse que para iniciar uma investigação são necessárias provas robustas. Provas robustas, para mim, servem para condenar. Indícios são suficientes para começar uma investigação, ainda mais sobre denúncias feitas pelo líder do partido do governador no parlamento estadual. CPI então, nem pensar! Próximo!

Eu acredito! Há menos de 4 anos atrás Jaques Wagner ganhou a disputa para o Governo contrariando todas as pesquisas registradas no TRE. Durante as eleições e após a vitória fez questão de dizer que não acreditava em pesquisas. Até agora! Reunido o Conselho Político pela segunda vez desde que o instituiu em 2007 (apenas duas vezes?) e em reunião com jornalistas, o próprio divulgou uma pesquisa em que aparece disparado na frente para as eleições do ano que vem. Não divulgou o instituto, margem de erro, número de pesquisados, nada! Devemos acreditar, afinal, quem revelou foi o político que mais acredita em pesquisas no estado da Bahia!

Credibilidade zero à esquerda. Aproveitando a vinda de Lula à Salvador, coisa rara desde que se tornou presidente, o presidente do PT baiano resolveu divulgar uma pesquisa que logo despertou na imprensa a dúvida sobre a sua veracidade. Não bastasse isso, o presidente do Instituto Vox Populi, que teria feito a tal pesquisa desmentiu categoricamente o dirigente petista, que logo tratou de dizer que foi o presidente nacional do partido, Ricardo Berzoini, que teria enviado os números. Novamente desmentido. Quem vai acreditar em pesquisa do PT? Será que esta não foi aquela pesquisa comemorada pelo governador?

É Ford! Lula veio à Bahia fazer o anúncio de ampliação da Ford na Bahia. O governador poderia reconhecer, em seu nome e do PT, que TODOS os deputados do partido na Assembléia e no Congresso votaram CONTRA a vinda da empresa para a Bahia. Deveriam reconhecer e aplaudir a política de atração de investimentos do governo passado tão duramente criticada. Está claro que o PT, enquanto estava na oposição, nunca defendeu os interesses da Bahia, colocando o interesse do partido sempre em primeiro lugar. Em entrevista à Rádio Metrópole, o ex-deputado federal fez questão de dizer que, além dos milhares de empregos, a Ford também é um centro de tecnologia. E o mea-culpa? Espera-se de um político que se diz democrático e republicano...

Interessa saber. É vergonhoso dizer que o governador Wagner colocou-se contra os interesses da Bahia com relação aos royalties do petróleo do pré-sal. Ao invés de lutar com outros governadores do Nordeste pela divisão igualitária, preferiu apoiar a proposta dos estados produtores em detrimento dos interesses dos estados nordestinos, inclusive a Bahia. Dois dias depois ele voltou atrás. Alguém pensou algum dia um governador defender projetos que prejudicam o estado que governa? Pois existe, o atual governador da Bahia. Pior, ele quer se reeleger. E vão dizer que não aconteceu...
               
                            
Mensagem do blog para o ditador do Irã que chega no dia 23 ao Brasil e será recebido com honras pelo presidente Lula.
COMENTÁRIOS. CRÍTICAS.SUGESTÕES

terça-feira, 17 de novembro de 2009

RODAPÉ DA CASA DO CAPETA


Isto não é Calypso! Esta vem do estado do Pará. Descobrir no Twitter um blogueiro que dava boas-vindas ao ditador do Irã. Até aí tudo bem! O que você acha então de defender que ele, que nega o Holocausto e pretende destruir Israel, deveria ganhar o prêmio Nobel da Paz? Engraçado que o título do post é “Welcome to Ahmadinejah”, em inglês! Se o blogueiro tivesse no Irã e escrevesse alguma coisa que desagradasse os aiatolás, ele poderia ter as mãos amputadas...ou o cérebro!

Geometria política. Quem quer aprender sobre poluição e meio ambiente não chamem a ministra-sabe-tudo Dilma. Só não a chamem durante um apagão e mesmo ela tendo sido responsável pelo ministério de Minas e Energia durante 3 anos. Nós temos o apedeuta oficial! Lula disse que “a questão do clima é delicado porque o mundo é redondo, não quadrado ou retangular. E porque o mundo gira e nós passamos lá embaixo onde está mais poluído a responsabilidade é de todos”. Entendeu alguma coisa? Não? Então você é uma besta quadrada. Ou não! Nunca Caetano teve tanta razão.  Cada um no seu quadrado!  

Efeito Colateral. Suplicy compara uso de cueca vermelha no Senado com a minissaia da universitária da UNIBAN. Nem a universitária esperava por este efeito colateral...

Vale Tudo. Para quem ainda não sabe, em 2010 será lançado o filme mais caro desde a retomada: Lula, o filho do Brasil. Vamos a alguns fatos isolados: 2010 é ano eleitoral e o filme foi financiado por empresas e bancos (OCULTOS) que tem interesses no governo federal.  E a tramitação em regime de urgência de outra bolsa do governo federal, a bolsa-cinema? O governo quer dar um ticket de 5 reais mensais para trabalhadores freqüentarem o cinema. Além disso, grandes empresas brasileiras tem recebido proposta para dar “um belo presente de fim de ano” aos seus funcionários: a compra de no mínimo 100 ingressos do filme por apenas 5 reais. Mas é tudo mera coincidência!

Evita Dilma Um dos filmes mais importantes de Madonna é o que conta a história da argentina Eva Perón. A presença da pop star no país poderia de algum modo está relacionada com o filme de Lula? Imagine ela, do alto de um palanque na Av. Paulista ou da sacada do apartamento do presidente em São Bernardo (SP) cantando “Don’t cry for me, ministra Dilma”, à la Marisa Letícia. Já que estamos em família, e Lula é o deus encarnado do petismo, Jesus, o de Madonna, poderia fazer o papel de Lula e dá uma luz para a candidatura da Dilma. Só não poderia chamar Judas para o palanque, ouviu bem! Michael Jackson nem pensar...

Raio da silibrina! Nunca antes na história deste país a Itaipu parou de funcionar. Primeiro disseram que foi um raio. Um raio de incompetência! A segunda versão é de que foi um curto circuito. Os técnicos já descartaram o raio, lembra? Quando decidirem me avise! Apagão e blecaute são coisas completamente diferentes. Ficou claro?

Cantinho do Bobo. Dilma parece que não tem sido uma aluna muito aplicada nas aulas de “paz e amor” que tem recebido dos marqueteiros no Palácio do Planalto. Na entrevista coletiva pós-sumiço e pós-apagão ficou claro que a verdadeira Dilma é bem mais forte que a personagem gentil, amável e risonha criada para a campanha do ano que vem. A candidata de Lula foi arrogante e tratou jornalistas com ironia, era “minha querida” pra lá, “minha filha” pra cá. Mal-educada, irônica, stalinista. Os funcionários que trabalham com ela estão cobertos de razão! Dilma apagou a personagem!

Para explicar o título. É a exata localização de minha paciência/tolerância com certas coisas deste mundo de meu Deus.
Críticas. Sugestões. Comentários.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Post em quatro atos

Onde está Wally? Depois de sumir do mapa depois do apagão, a ministra Dilma voltou à cena política. O governo acha mesmo que o apagão está superado e que foi um raio que passou na candidatura da ministra. A candidata que evaporou durante o apagão declarou há duas semanas que o Brasil não corria o risco de apagão porque o país tinha agora PLA-NE-JA-MEN-TO, com todos os efes e erres. Hoje, depois de treinar bastante com os marqueteiros disse que nós não enfrentaríamos mais racionamento. Agora eu entendi...

Guerra do Século XXI? Hugo Chávez conclamou o povo venezuelano a se preparar para a guerra. Guerra? Nada melhor que atrair a atenção da população para um inimigo externo – Colômbia e EUA – e desviar dos problemas em que o país está mergulhado: racionamento de água e energia elétrica, crise na produção de alimentos e  de produtos industriais, etc. Posso até não concordar com a instalação de bases militares norte-americanas na Colômbia, mas daí a falar em guerra. Enquanto o presidente dos EUA enfrenta oposição interna porque quer enviar mais soldados para o Afeganistão, o louco ditador do socialismo do século XXI está tentanto criar factóides para criar comoção nacional falando verdadeiros absurdos. Me faça uma garapa!

Alô, presidente! O ministro das Comunicações do governo federal anunciou a bolsa-celular.  A menos de um ano das eleições, Lula decidiu distribuir celulares para os beneficiários do bolsa-família. Todas as 11 milhões de famílias receberão, além de um aparelho,  um bônus mensal de 7 reais. É bom fazer os cálculos! Já sabe quem vai pagar a conta...


E o taleban somos nós. Alguém pode me explicar o que aconteceu naquela universidade paulista? Uma aluna foi ameaçada de estupro e quase linchada por uma horda de "defensores da moral e dos bons costumes" porque usava uma minissaia. E nós pensávamos que os radicais estavam apenas no Afeganistão e no Irã. O que está acontecendo? Será uma homenagem antecipada a vinda do presidente do Irã? Fiquei sabendo que  os estudantes da UNIBAN decidiram adotar a burca como uniforme. É só o começo! Prepare-se para o adeus às mulatas do samba, às roupas mínimas na praia, ao país tropical abencoado por Deus e bonito por natureza. E ainda vão dizer que é para proteger dos raios ultravioletas...ou seriam os raios de Itaberá?
Comente. Concorde. Discorde. Pense. Reflita

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

MURO E RUMO


Dia 9 de novembro é uma data histórica. 20 anos da queda do Muro de Berlim!

O Muro de Berlim, que dividiu a Alemanha e a Europa em duas durante a Guerra Fria, foi derrubado pelos alemães na noite do dia 9 de novembro de 1989. O “muro da vergonha” foi construído pelo governo da República Democrática da Alemanha, ligada a União Soviética, para impedir que os alemães orientais fugissem para o lado capitalista. A queda do muro representou o desmantelo da União Soviética (URSS) e o fim daquilo que se costumava chamar de “socialismo real”.
O muro era o símbolo da repressão, da ausência de liberdade, da perseguição política aos adversários e da separação de milhares de famílias.
Hoje, dia 6 de novembro o presidente Lula participará do 12º Congresso do PCdoB cujo tema é “Nação forte, Rumo Socialista”. Fico a me perguntar, que rumo?
O rumo de Cuba que após a extinção da URSS sobrevive à duras penas, importa quase tudo o que consome, enfrenta crise de abastecimento de itens básicos. Ainda tem a desculpa do bloqueio feito pelos EUA, que sou contrário.
Já a Venezuela, enfraquecida também pela baixa do preço do barril do petróleo, tem enfrentado os mesmos problemas, inclusive os riscos de apagão, queda acentuada na produção industrial, fuga de empresas e investimentos estrangeiros. Rumo? Muro!
Há ainda a Coréia do Norte, o país mais fechado do planeta e a China, que é um país socialista na política e capitalista na economia. Todas, ditaduras controladas pelo único partido legalizado no país, o comunista. É provável que todos os países citados acima enviem delegados para o encontro do PCdoB brazuca.
Infelizmente, se o socialismo entra por uma porta a liberdade sai fugida pela janela ou é encarcerada em prisões stalinistas na Sibéria, fuzilada no paredão (muro) chinês, impedida de sair do país ou perseguida como imprensa...
Por estas bandas, Lula já ensaiou algumas vezes enveredar por este rumo, primeiro com a esdrúxula idéia de criar um conselho para fiscalizar as atividades dos jornalistas. Como não deu certo, toda vez que sobe em um palanque faz questão de colocar a imprensa como inimiga do povo, dos interesses do Brasil. Em um evento, Lula insuflou a população a vaiar repórteres que cobriam o evento. Rumo? Muro!
Tem também o chamado Patrulhamento Ideológico. Críticas ao governo Lula? Deveriam ser proibidas, neste rumo. Como não são, para infelicidade de alguns, o meio encontrado não é debatê-las e contraditá-las, e sim desqualificar a opinião daqueles que criticam. Depois do texto acima, devem achar que sou um espião da CIA.
O que resta do muro de Berlim virou atração turística. O que resta do socialismo está em exposição na Praça Vermelha em Moscou e também é atração turística, é o mausoléu de Lênin.
Para quem continua derrubando muros, corra que a patrulha vem aí...
Comente.Reflita.Discorde.Concorde

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Pensamento: Rodin como herança


Rodin está na Bahia, vamos comemorar! Peças como "O Pensador" e "O Beijo" podem ser admiradas de perto por baianos e turistas durante os próximos 3 anos no Palacete das Artes. Durante este período, Salvador será destino de turistas que viajam não apenas em busca de sol, praia e reggae.
Quem vê a propaganda do governo da Bahia acredita piamente que o museu é conquista exclusiva do PT. Devemos reconhecer que a implantação do museu deu-se neste governo, que na oposição classificava o projeto de provinciano e colonialista. Vão esquecer da iniciativa e luta de Paulo Souto, ACM e Paulo Gaudenzi, à época Secretário de Cultura e Turismo? Assim como Stálin fez com Trótsky, ao retirá-lo de foto histórica e apagá-lo dos livros e dos registros "revolucionários"...e eles eram companheiros!
Penso não ser  justo um governo cujos expoentes criticavam acidamente agora serem parabenizados pela instalação do museu. Até quando vão ignorar a efetiva participação dos adversários em um governo que se diz democrático e republicano? Podemos até dizer que o museu é uma conquista "de todos nós", desde que todos estejam realmente incluídos.
OK. É uma prática do PT. Continua fazendo terror com a possibilidade de volta dos tucanos ao governo federal, mas manteve a política econômica do governo passado, inclusive, pescando em seus quadros um deputado federal para ser presidente do Banco Central. Atualmente, ele está cotado até para ser vice na chapa de Dilma!? E o programa bolsa-família, não tem um tucano na certidão de nascimento? Eta herança maldita...
Ainda na Bahia, obras inauguradas com o selo do PT tiveram início ou eram projetos do governo passado, que por uma razão óbvia - não foi reeleito - não foram executados. Mas tudo bem, a regra da política é: os créditos são de quem inaugura.
Estranho como um projeto de cunho colonialista e provinciano transformou-se em um museu que coloca a Bahia na rota do circuito das artes no mundo!? Engraçado o atual secretário estadual de cultura ser parabenizado pelo grande feito por aqueles que antes criticavam o projeto que iria de alguma forma fragilizar a cultura baiana!?
Concluindo. À César o que é de César; À Paulo o que é de Paulo; À Antônio o que é de Antônio e a Jaques o que é de Jaques. Rodin é de todos os baianos!
Fui. Antes que a patrulha venha atrás de mim...
Comente. Reflita. Discorde.Concorde.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O "sexo" de Dilma é uma viagem...



O PT do DF resolveu fazer uma festa para o presidente, que comemorou antecipadamente seus 60 e muitos anos. Parabéns e longa vida, presidente!
Um pedido em especial chamou atenção ao soprar as velinhas. Disse que gostaria que a sua sucessora no Planalto seja a "mãe do PAC", Dilma Roussef.
Até aí, tudo bem. Exceto pelo fato do presidente ter antecipado a campanha eleitoral há muito tempo e está utilizando descaradamente a máquina administrativa federal em favor de sua candidata, principalmente em viagens oficiais pelo Brasil com flagrante desrespeito à legislação.
Podemos dizer que depois das declarações da ministra sobre o assunto, parcela significativa do seu pedido já foi atendido, presidente! Senão, vejamos.
A ministra rebateu as críticas da oposição de campanha antecipada assumindo o papel de sucessora de Lula, no quesito verborragia palaciana, no melhor estilo do seu mentor:"É preconceito contra a mulher. Eu posso ir para a cozinha, cozinhar os projetos. Agora, na hora de servir, não posso nem ver?".
Trocando em miúdos, crítica a viagens é preconceito contra a mulher. O presidente Lula disse que queria uma eleição plebiscitária e sexista mas, convenhamos, é demais. Respeitem a nossa inteligência!
Este tipo de declaração ficou lá no século passado. As mulheres estão disputando e ocupando todos os espaços antes restritos aos homens e ao que tudo indica teremos duas candidatas à presidência, mais uma conquista para ser comemorada. Mas daí querer revestir de uma conotação sexista complemente descabida as críticas oposicionistas é viajar na maionese...
Para o bem ou para o mal, depende da perspectiva, a pupila está seguindo o caminho do mestre. E pode chamar a verborragia governista do que quiser: hipocrisia, cinismo, populismo...
Há um programa de TV chamado "Amor e Sexo", não vi ainda. Dizem por aí que os comentários dos participantes, e da apresentadora, estão no mesmo nível da declaração da ministra. Cuidado, Fernanda Lima, Dilma está querendo é ser a sua sucessora!
Comente. Concorde. Discorde. Pense. Reflita

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O beijo de Lula


Cristãos de todo o mundo, regozijai-vos! O "Cristo" está entre nós!
É incrível como a megalomania do presidente Lula atinge não apenas dimensões estratrosférias, mas metafisicas! Para justificar suas injustificáveis alianças, realizadas através de acordos dos quais não conhecemos os termos, o apedeuta de plantão nos surpreendeu com uma metáfora não-futebolística e nos presenteou com uma comparação, porque não dizer, incomparável:
"Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão".
Depois de comparar-se a Kubischeck e Vargas, "o cara" procura na Bíblia e na história - melhor não falar dela, fui desautorizado pela Stasi - argumentos para santificar as alianças com os partidos para prolongar a estadia do PT no Palácio do Planalto.
Passados 2 mil anos de história, quem seria o Judas de Lula? Bem, acho que o Judas é apenas uma figura que representa diversos políticos execrados pelo PT enquanto estavam na oposição e amados agora que compartilham, juntos, o poder. Quem seriam eles?
Pela ordem de importância, o Judas-mor "in pectore" do presidente é o Papa do Congresso Nacional: o incomum e imortal José Sarney. Ele foi ungido, protegido e mantido no mais alto cargo do CN por obra e graça do Sr. Modéstia.
Os outros seriam o Renan "Rei do Gado" Calheiros, o Fernando "Lurian é sua filha" Collor, o Edson "ministro de Sarney" Lobão, o Jáder "aliado do PT no Pará" Barbalho...
Engraçado que a declaração foi dada praticamente um dia depois de celebrada a aliança com a cúpula governista do PMDB e da candidata do Planalto reunir-se com os partidos da base para garantir o apoio para sua candidatura e esvaziar a candidatura do neo-paulista Ciro Gomes.
Cá entre nós, não precisa ter visão além do alcance para entender que a declaração de Lula é também uma confissão de culpa: "Perdoem-me, companheiros, eu sou um pecador. Chamei Judas para a coalizão, foi ele que deu a idéia do mensalão!".
No dia das eleições que vão eleger os novos dirigentes do país não vamos deixar que os fariseus e mercadores de voto profanem nossa cidadania e que os deuses da democracia não sejam obrigados a dizer, novamente: "Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem".

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Ele está chegando X Ela não vem


No dia 23 de novembro o ditador do Irã chegará ao Brasil. A blogueira cubana que viria ao Brasil lançar seu livro foi proibida de sair de Cuba.

O presidente do Irã, cuja reeleição ainda está cercada de mistérios, foi convidado e será recebido com toda a pompa e circunstância pela elite sindical comunista socialista alocada no Planalto Central. Será que Lulla irá convidá-lo para acender a pira dos Jogos Olímpicos de 2016?

A comunidade internacional tenta em vão isolar o Irã cujo líder, Mahmoud Ahmadinejad, absurdamente nega o Holocausto ocorrido durante a Segunda Guerra Mundial e está em vias de fabricar a bomba atômica ameaçando meio mundo (todo o mundo, na verdade). Para ele, nada melhor que um país com o histórico do Brasil recebê-lo.

E não venham me dizer que a visita é uma forma de tentar convencê-lo a mudar suas atitudes e que irá incrementar o comércio entre os dois países porque será uma vergonhosa demonstração de apoio. Que outros países ele foi convidado a visitar? Venezuela, Cuba... "Diga-me com quem andas e eu te direi quem és".

Falando em Cuba, a blogueira Yoani Sanchéz, do Generación Y, foi proibida de deixar o país caribenho para participar do lançamento do seu livro "De Cuba: com carinho" que aconteceria na segunda quinzena deste mês aqui no Brasil. Todos os esforços foram feitos, até o super-homem do Congresso, o decepcionante senador Eduardo Suplicy clamou aos seus compañeiros cubanos para liberarem a jovem para vir ao nosso país, em vão. Senador, os cubanos são proibidos de deixar o país, por isso eles se arriscam no oceano e aproveitam eventos esportivos para fugir da perseguição castrista. No entanto, os Castro não tinham com que se preocupar, o Brasil entregou aqueles boxeadores que fugiram durante o PAN...

A vinda do presidente iraniano ao país e a proibição da blogueira de deixar Cuba são os dois lados da mesma moeda: DITADURA. Como diz a gíria e falando em moeda, na real, o Brasil através de sua política externa tem demonstrado, nunca antes neste país, o apoio institucional às ditaduras.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A fila nossa de cada dia

Dia desses passei o dia em filas e comecei a filosofar se a existência em demasia delas na nossa vida influenciaria o nosso modo de ser, o baianês.
É incrível a interação das pessoas nas filas. Ao chegar no banco, me deparei com um aposentado esbravejando contra o governo Lula, principalmente porque ele continuava contribuindo com a previdência. Dava para notar que todos estavam interessados porque ora concordavam, ora discordavam com a cabeça.
Não bastasse a política nacional, este mesmo senhor comentou a política norte-americana e soltou esta pérola: “Os americanos evoluíram muito, até elegeram presidente que nem americano é”. Sem comentários...
Em outra fila, após uma mulher acabar de falar ao telefone e reclamar "com o vento" da filha adolescente, a mulher que estava atrás dela concordou e daí surgiu um animado e instrutivo diálogo sobre filhos adolescentes, a forma de criação e educação deles, quando novamente o telefone da primeira tocou e ela falou sobre uma encomenda de salgados e doces. A outra ouviu, perguntou se era ela que fazia encomendas. Prontamente ela confirmou, fez seu marketing e deu o número de telefone. E não é que ela fez negócio na fila?
Acredito que a fila apenas reforça uma característica própria do baiano, que é de se meter na vida alheia. Um exemplo desta intromissão aconteceu comigo na Lavagem do Bonfim de dois anos atrás...
Já era final da tarde, a lavagem já tinha acabado e estávamos indo em direção à Ribeira para descansar, comer algo e jogar conversa fora. No caminho, as pessoas que estavam comigo chamavam atenção que eu estava muito vermelho, principalmente o nariz, e que não tinha usado protetor, boné.
Quando uma baiana(não paramentada) com sotaque arretado se envolveu na conversa concordando com tudo o que diziam e "que eu deveria usar protetor e boné, que meu nariz estava muito vermelho e que eu deveria cuidar melhor da minha pele porque eu tinha que pensar na minha velhice".
Como baiano que sou, só tinha mesmo que concordar com ela e prometer que no ano seguinte – revelei a ela que eu não era gringo – iria usar o boné e de forma alguma deixar de passar o protetor. “Fator 30, pelo menos!” me orientou a baiana...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

É A TREVA! PÁRA O MUNDO, VOU DESCER...

Depois de tantas notícias que mais pareciam ficção, não consegui encontrar melhor título para comentar alguns fatos ocorridos nos últimos dias.

1. As invasões bárbaras. Uma horda do MST invadiu uma fazenda produtiva e destruiu nada menos que 12 mil pés de laranjas, além tratores e roubado combustível. Eles querem usar a força bruta para transformar uma terra produtiva em improdutiva. Engraçado, me lembra as FARC! Se fosse apenas isso...
O MST recebeu mais de 160 milhões de reais do governo federal através de ongs e outras instituições ligadas ao PT e PCdoB, dinheiro usado para promover tais invasões e comprar armas. Pior é que estes atos de bárbarie e vandalismo ainda encontram respaldo em vários "ólogos" país afora, defendendo que os fins justificam os meios e ainda tem a desfaçatez de considerá-los heróis! O pior do pior foi ouvir o líder dizer que não reconhecia a sentença do juiz que garantiu a reintegração à empresa proprietária da terra invadida. Quem é ele para não reconhecer uma sentença judicial?

2. A verdade nua e crua. Causou estranheza a decisão do TRE que proíbe a veiculação da propaganda partidária do Democratas fazendo críticas ao governo baiano, principalmente na área de segurança e baseada em fatos veiculados em jornais e TV. Pior foi o comentário do presidente estadual do PT Jonas Paulo sobre a declaração do presidente do DEM Paulo Souto que classificou a decisão de censura (concordo!) e que iria recorrer. O petista disse, pasmem!, que Souto não estava acostumado ao debate democrático. Bem, desde quando impedir a veiculação da propaganda da oposição pode ser considerado democrático?

3. A intérprete. Li que a senadora colombiana Piedad Córdoba está entre os mais fortes candidatos ao prêmio Nobel da Paz de 2009(?!). Para quem não sabe, ela é a representante de Chávez na Colômbia tamanha a proximidade que tem com o ditador venezuelano, além de ser a interlocutora oficial das FARC no mundo, exercendo o papel de mediadora na libertação dos reféns que levam anos em poder dos narcotraficantes, assaltantes e assassinos. Ela quer que o mundo reconheça seus aliados como força beligerante, o que significa admitir como legítimas suas razões e seus métodos para tomar o poder. Se isto acontecer o Nobel se aproxima do narcotráfico. Já sei, vamos indicar o Fernandinho Beira-Mar!

4. O Enviado. O ministro das relações exteriores filiou-se ao PT. Diz ele que quer um palanquezinho em 2010, mas o que ele quer mesmo é outro ministério caso Dilmentira se elega. Nunca antes na história do Brasil um chanceler confundiu política de Estado e política de governo...Ele devia se preocupar com o empresário brasileiro sequestrado pelas FARC há cerca de 2 meses e com a embaixada em Honduras transformada em escritório político...
Conclusão: Que tal voltar ao título?

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Escolha? Escolha?! Escolha!

Ter escolhas siginifica ter liberdade para decidir, o que é ao mesmo tempo direito por um lado e responsabilidade por outro.
O presidente deposto de Honduras Manuel Zelaya de Lula escolheu a embaixada do Brasil para se refugiar depois que voltou clandestinamente ao país. Não sei se refugiar é o termo certo, tampouco podemos chamar de asilo. A situação legal dele perante o direito internacional é uma incógnita, assim como das 70 pessoas que o acompanham. Lulla disse que Zelaya chegou de surpresa na embaixada sem o conhecimento dele. Cabe a cada um escolher se acredita nesta versão mirabolante.
Foi escolhido pelo presidente Lulla o substituto para a vaga do falecido ministro Carlos Alberto Direito no STF o Advogado Geral da União, José Antônio Toffoly. Escolha que tem sido considerada polêmica porque não atenderia a dois requisitos: conduta ilibada, já que foi condenado a devolver 700 mil reais aos cofres públicos em dois processos (um deles surpreendemente suspenso após a indicação) e notável saber jurídico (já que não possui doutorado, mestrado, ou livro publicado e apenas ocupou cargos de confiança).
O que preocupa, no entanto, é a estreita ligação com o PT já que o mesmo trabalhou como advogado do PT desde 1998, depois ocupou cargos dentro de governos petistas, inclusive assessorando diretamente o ex-ministro José Dirceu, conhecido como chefe do mensalão. Desconfia-se também da pressa na aprovação do nome do indicado petista, pois parece que o presidente Lulla tem o intuito de mudar o placar desavorável da votação sobre a concessão de refugiado do terrorista italiano Cesare Battisti.
Falando em escolhas, os partidos tem escolhido celebridades e esportistas para atrair votos nas próximas eleições.
Entre os esportistas o jogador Edmundo "Animal" filiou-se ao PP fluminense, a expectativa é que se candidate a deputado estadual; o presidente do Corinthians Andrés Sanches filiou-se ao PT, partido do presidente Lulla; o "baixinho" Romário ao PSB, a princípio, sem definicão do cargo que vá disputar; Já o Popó, declarou que será candidato a dep. federal pelo PRB, e haja nocaute!
No mundo das celebridades, a cantora baiana Carla Visi filiou-se ao PV e o cantor Sérgio Reis ao PR. Eles vão juntar-se a Túlio Maravilha (PMDB), Gilberto Gil (PV), Frank Aguiar (PTB), Netinho de Paula (PCdoB) e Léo Kret (PR). Especula-se que o escritor Paulo Coelho venha a se tornar mais um filiado ao Partido Verde em breve.
E depois ficamos a reclamar que não temos escolha(?!)... Sempre temos escolha! Precisamos apenas de critérios objetivos para escolher nossos representantes. Se estes decepcionaram, escolha outro. Só não se abstenha de escolher, porque neste caso, outros escolherão por você!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

10 anos: Pílulas, óleos e cargos

Uma notícia que chamou atenção hoje foi a nomeação para o cargo de diretor da Agerba de um acionado pela bancada do PT na Câmara de Vereadores de Salvador em 1999. O outro acionado é deputado da base do governo de Jaques Wagner.
Os acionados são:
o recém-nomeado diretor da Agerba Aristides de Amorin Cerqueira, apadrinhado político do deputado da base do governador, Marcos Medrado, hoje no inchado PDT. No passado, o primeiro era Superintendente de Transportes Públicos da capital, e o segundo era vice-prefeito carlista de Imbassahy.
Os acionantes são: o atual Deputado Federal Zezéu Ribeiro e o atual Secretário de Relações Institucionais Rui Costa, ambos vereadores na época. O presidente do PT municipal que na época endossou a ação é o Deputado Federal licenciado Nelson Pelegrino, atual Secretário de Justiça e Direitos Humanos.

O comportamento do PT é no mínimo esdrúxulo e cínico. Contudo, é apenas uma repetição das atitudes do presidente Lulla que teve a desfaçatez de declarar que fica feliz em saber que as próximas eleições presidenciais não terão a presença de um "troglodita de direita". Bom, segundo o grão-mestre petista, o governador José Serra não é de direita. Cuidado para o PT não esquecer disso e usar como argumento fajuto na campanha do ano que vem...

Sobre os "trogloditas de direita", o que falar do apoio de Sarney, Collor, Lobão dentre outros à candidatura da ministra Dilma Roussef? Esqueci que eles são petistas desde criança, colegas de Fidel na Revolução e admiradores do controvertido Che Guevara.

Um dos acionantes, o deputado Zezéu Ribeiro declarou que lembra vagamente da ação contra o mais novo funcionário do governo petista, dizendo apenas que se tratava de contratações irregulares. Este não está me parecendo o caso de memória seletiva, mas de denuncismo barato praticado pelo PT (e pelo PCdoB) enquanto estavam na oposição.
Para conseguir o apoio do PDT - partido que sofreu uma intervenção solicitada pelo governador "democrático" e "republicano" - para as eleições de 2010, o mais fácil foi leiloar os cargos da administração entre os novos aliados, que não são nem nunca foram da chamada direita, muito menos militado no grupo carlista. Outro exemplo de memória seletiva?
O PT só não quer que isto seja dito, nem pelo "bando de abestalhados" ou caras de pau, como o governador e o secretário Rui Costa costumam chamar a oposição, que não deveria fazer a oposição, melhor não deveria existir.
Penso que os integrantes do PT necessitam de pílulas de memória ou muito óleo de peroba para passar nas caras de pau. As duas opções, talvez!
Para o povo baiano, bastaria apenas umas pílulas de memória. Depois das eleições, a depender do resultado, óleo de peroba mesmo!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Comunistas graças a Deus!

Foi-se o tempo em que um comunista brazuca era temido por sua auto-declarada ideologia revolucionária. Nos tempos de agora, nos assustamos com as atitudes nada revolucionárias dos comunistas tupiniquins.
É daqui da terra de todos os santos que vem um exemplo deste tipo de atitude. Quando o governador Wagner abriu o leilão de cargos no governo aos partidos políticos em troca de uns minutos no horário eleitoral - e inclusive solicitando uma intervenção "branca" para forçar uma aliança como de fato aconteceu - foi colocada em pauta a idéia estapafúrdia da criação da SECOPA (Secretaria da Copa), um dos principais deputados federais comunistas baianos criticou fortemente o projeto, como pode ser visto AQUI.
O argumento utilizado por ele é que a Secretaria de Esporte não poderia ser esvaziada e com razão, além de existir uma secretaria chamada PLANEJAMENTO, que tem por competência planejar. Só que parece que o deputado mudou de idéia por um motivo muito simples: a secretaria extraordinária - mais ordinária que extra - foi entregue ao PCdoB. Na festa da posse do secretário correligionário, o mesmo parlamentar disse que a indicação de um comunista é a prova da capacidade deles de administrar, como pode ser visto AQUI. É o que eu chamo de radicalismo volúvel!
Antes do rompimento do PMDB com o governo, o ministro Geddel foi muito festejado na chamada esquerda e no PCdoB, sendo inclusive um dos convidados em um jantar da legenda em 2007, como pode ser observado AQUI, no site oficial. Uma comunista que eu conheço colocou fotos no orkut do evento abraçada com o ministro e este ano foi para o 2 de julho vaiá-lo e criticá-lo. Revolucionários
!
Há ainda as denúncias com relação à Bahiagás, empresa que está nas mãos do PCdoB e que até hoje não foram bem explicadas...
Para terminar, Paulo Maluf declarou que também era comunista e que como tal irá apoiar a candidatura do ex-ministro Palocci, que quebrou o sigilo do caseiro. É capaz de ser mesmo!
Não custa lembrar que este mesmo partido aceitou alguns políticos que por muitos anos foram aliados do senador ACM e que inclusive eram filiados ao antigo PFL. Mas este tipo de informação é bom não espalhar! Bom mesmo é filiar artistas e celebridades para conseguir votos, como o controvertido delegado Protógenes Queiroz esta semana.
Se o PT pode ser aliado de Renan Calheiros, de José Sarney e de Collor, por que o PCdoB não pode filiar o Paulo Maluf?

terça-feira, 1 de setembro de 2009

A ética e o pré-sal

A festa do Projeto do Petróleo Pré-Sal ontem foi mais uma vez a demonstração do modo lullista de governar. O presidente falou de nacionalismo, de "nunca antes neste país", repetiu o discurso Getulista , criticou a oposição mais uma vez no palanque (de onde nunca desceu), a candidata Dilmentira voltou aos holofotes depois de submergir politicamente do recente escândalo da Receita Federal - e continua tudo como está - enfim, apenas o mais do mesmo...
O clima de campanha está está no ar e mais uma vez o PT ressuscitará seu antigo e desgastado discurso de "direita" contra "esquerda", que Lulla já está requentando. E fico a me perguntar, é Lulla que diz quem é de "direita" ou "esquerda"? Seguindo a lógica e as atuais alianças, vamos identificar os políticos brasileiros e baianos e localizá-los no espaço político tupiniquim e baianês.
José Sarney, Fernando Collor, Renan Calheiros, Edson Lobão e tantos outros estão hoje são da "esquerda". Quero ver quem terá coragem de dizer o contrário, remar contra a maré de popularidade do sapo barburdo...
Na chamada "direita" estão Marina Silva, Fernando Gabeira, Flávio Arns, José Serra e tantos outros que têm um histórico de lutas. Para o mercado financeiro e sua "mão invisível" apoiar Dilmentira é mais razoável do que José Serra, considerado muito mais nacionalista na economia que o petismo. Mas, para todos os efeitos, Marina e Gabeira estão a serviço do projeto direitista demo-tucano, portanto são de "direita", estão na oposição.
Mesma lógica aplicada aqui na Bahia. Quem apóia hoje o governador Jaques Wagner, mesmo que tenha militado no grupo carlista até semana passada é hoje aclamado e considerado de "esquerda", seus méritos políticos são até mesmo exaltados. Na Bahia, inclusive, quando não há argumento, ressucita-se o mito da volta do carlismo, que não existe mais desde a morte do senador há mais de 2 anos. Não desprezem nossa inteligência...
Não sou cientista político, muito menos psicólogo ou psiquiatra, mas me atrevo a dizer que o PT tem a Síndrome da Auto-Permissibilidade. Em nome dos que eles costumam chamar de governabilidade e para permanecer no poder até a eternidade, eles podem se aliar a políticos antes rechaçados e criticados à exaustão.
Apenas o PT pode se aliar com Sarney em Brasília e com João Leão e outros símbolos do carlismo aqui na Bahia. Os movimentos sociais nada fazem porque Lulla cooptou todos eles, destinando milhões em verbas para desmobilizá-los e retirar toda autonomia e independência. Imaginar que um partido de "esquerda" como PT seria capaz de destruir os movimentos socias... Antes eram fartamente utilizados para fins meramente político-partidários: "Fora FHC", "FORA FMI", etc.
Enfim, depois dos últimos acontecimentos o que posso dizer é que o PT conseguiu mandar a ética para junto do petróleo festejado ontem em Brasília: para abaixo da camada de sal, no pré-sal, nas profundezas do inferno, para ser mais preciso...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Palavras de Ordem do "Depois"

Depois do mensalão... (Lembra, José Dirceu?);
Depois do escândalo dos bingos...(Lembra?)
Depois da máfia dos sanguessugas... (Lembra?);
Depois do valerioduto...(Lembra do carequinha?);
Depois do Caso Celso Daniel...(Lembra, coordenador financeiro da campanha de Lulla?)
Depois dos dólares na cueca...(Lembra do jatinho?);
Depois do filho de Lulla ganhar R$ 1 milhão da Telemar...(Lembra?)
Depois da quebra do sigilo fiscal do caseiro Francenildo... (Lembra, Palloci?);
Depois do dossiê "FHC" fabricado na Casa Civil... (Lembra, Dilma?);
Depois dos ministros se esbaldarem com os cartões corporativos...(Lembra da tapioca?);
Depois da Petrobrás, com o nosso dinheiro, financiar festas de São João de prefeituras petistas...
Depois de salvar o mandato de Renan Calheiros... (Lembra, PT?);
Depois de pedir "desculpas" e agradecer Collor pelo apoio...(Lembra, Lulla?);
Depois de dizer que Sarney é pessoa incomum e sustentá-lo no Senado...(Lembra, Lulla?);

Maldade que circula no território livre da internet sobre as novas "palavras de ordem" da UNE (ou seriam do PT, dos sindicatos?):

"Collor é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo";
"Sarney somos nós, nossa força, nossa voz";
"Tropa de choque, osso duro de roer/pega um, pega geral/também vai pegar você";
"Caminhando e cantando e seguindo o Renan"...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

20 e tantos anos

20 anos é o tempo planejado pelo PT para permanecer no poder. Depois da eleição e re-eleição do presidente Lula, e da tentativa fracassada do famigerado 3º mandato do "sapo barbudo", o partido dos Trabalhadores se prepara para disputar a primeira eleição presidencial sem Lulla, que escolheu e impôs a candidatura da Ministra MentiDilma ao PT e aos partidos aliados.
Só que eles não contavam com a reviravolta de uma eleição que tinha tudo para ser plebiscitária (candidato de Lula x candidato anti-Lula), o que diante das circunstâncias seria um desfavor a democracia, principalmente quando se encontra no país, e em especial no Nordeste, mais de 11 milhões de família beneficiadas pelo Bolsa Família, que terá reajuste em breve.
A reviravolta atende pelo nome de Marina Silva, atual senadora pelo PT, herdeira de Chico Mendes, ex-ministra que viu sua autoridade e planos sabotados por ninguém menos que a mestra e doutora Dilma. Nem mestre, nem doutora, pega na mentira!
A entrada de Marina, que foi convidada pelo PV, prejudica e muito os argumentos da campanha petista que pretendia incluir a questão do gênero (homem x mulher) nas eleições, na provável disputa Serra x Dilma. Com a entrada da ex-ministra esta discussão se enfraquece.
Outro fato que preocupa o Planalto é que Marina é mais PT que Dilma, criada nas hostes do PDT brizolista e fator de resistência por petistas mais xiitas e de outro lado, por petistas e eleitores descontentes com o PT, sendo o último o meu caso.
Em 2009, conta-se 20 anos das eleições presidenciais de 1989, a primeira em que os brasileiros votaram e escolheram o primeiro presidente pós-ditadura, o caçador de marajás Collor. Este ser repugnante fez de tudo contra Lula para ganhar as eleições. Depois, Lula, PT e agregados (UNE, sindicatos e etc) organizaram protestos que varreram o país exigindo o impeachment de Collor. O resultado todos conhecemos.
Durante esses 20 anos trocaram insultos e xingamentos, mas em 2009 o sublime amor entre Collor e Lulla floresceu da lama. Em Alagoas, o "protetor-mor dos corruptos" Lulla disse para a claque que o aplaudia que os brasileiros deveriam "perdoar" Collor e reconhecer o grande trabalho que faz na base do governo dele e que tem tudo para voltar ao governo de Alagoas (o começo de tudo) com as bençãos de Lulla.
20 anos era a idade dos jovens que gritaram o Fora Collor em 92. 20 anos é a (média de) idade dos jovens que hoje gritam Fora Sarney, Fora Collor, Fora Renan e Fora Lulla, que sustenta os três últimos.

sábado, 15 de agosto de 2009

Manifestação #forasarney em Salvador (parte 1)








A manifestação #forasarney contou com a participação de pessoas, jovens em sua maioria, inconformadas com os escândalos políticos no Senado Federal cujo principal envolvido é o ainda presidente, o senador pelo Amapá(?!) José Sarney.

O que esta manifestação difere das demais é que a mobilização e organização foi feita basicamente através de sites de relacionamento da internet: orkut, twitter, facebook, etc. É a tecnologia auxiliando a democracia, como acontece com o site Generación Y, de uma jovem cubana que denuncia a ditadura cinquentona dos Castro, e como ocorreu mais recentemente no momento pós-eleição (controversa) do Irã. Os manifestantes passaram a enviar informações para o resto do mundo através do Twitter.

A média de idade dos jovens que participaram da manifestação é 17/18 anos, se muito. Alguns deles votarão pela primeira vez no próximo ano e ainda não decidiram que carreira seguir, mas já estavam lá, lutando contra a corrupção. Será o recomeço dos caras-pintadas? Espero que sim...

Foi bom presenciar a reação das pessoas nas ruas e nos carros apoiando a iniciativa daqueles jovens através de aplausos, assovios do alto dos prédios e da buzina dos carros.
A sensação era de reafirmação da condição de cidadão, que a todo momento os maus políticos insistem em nos fazer esquecer. A nova geração está nas ruas para provar o contrário!